Natural da cidade de União, no Piauí, Maria Regina Sousa tem 64 anos. É fundadora do Partido dos Trabalhadores e militante sindical desde 1978. Dedica-se a defender direitos que considera fundamentais, como o acesso à educação, os direitos humanos, a justiça social e a atenção com o meio ambiente.

Filha do trabalhador rural Raimundo Sousa Miranda, já falecido, e da dona de casa Maria da Conceição Silva Miranda, a senadora Regina Sousa é a quinta de 11 filhos. Tem sua origem na categoria de trabalhadoras quebradeiras de coco.

Formou-se em Letras com habilitação em Língua Portuguesa e Língua Francesa, na Universidade Federal do Piauí, onde descobriu o movimento estudantil em plena ditadura militar, dando início ao seu processo de consciência política. Tornou-se professora, primeiro do ensino fundamental, depois no ensino médio e na universidade.

Nos anos 80, mergulhou na atividade sindical, onde conheceu seu grande parceiro político, Wellington Dias – atual governador do Piauí. Foi presidenta do sindicato e começou a organizar a Central Única dos Trabalhadores no estado. Mais tarde, foi dirigente da CUT Nacional. Sempre ao lado de Wellington, tornou-se presidenta do PT e coordenou as campanhas do amigo.

Regina é funcionária aposentada do Banco do Brasil, ex-presidente da Central Única dos Trabalhadores, do Sindicato dos Bancários e do Diretório Estadual do PT. Foi secretária de Estado da Administração do Piauí de janeiro de 2003 a março de 2010. Atualmente, é senadora da República, preside o Diretório Estadual do PT no Estado e integra a Executiva Nacional do Partido dos Trabalhadores. É a primeira senadora mulher do estado do Piauí.