#compartilhe

Sindicalistas criam Núcleo Pela Democracia e Contra o Golpe

Publicada em 11/04/2016, 17:40

Diversas lideranças sindicais de Teresina, preocupados com as sérias ameaças à democracia brasileira, se reúne nesta terça-feira (12), no auditório do Sindicato dos Comerciários, para criar o Núcleo Sindical Contra o Golpe. A professora da Universidade Federal do Piauí (UFPI), Dra. Maria Suely, participa como debatedora.
O objetivo do Núcleo Sindical Contra o Golpe contribuir com as estratégias da classe trabalhadora diante da complicada conjuntura política e econômica que os brasileiros vivem e as ações de rua para barrar o golpe de Estado em curso.
“O golpe em curso para derrubar o governo embute a intenção de acabar ou “flexibilizar” direitos sociais e trabalhistas. É da responsabilidade de nossas lideranças políticas e sindicais defender o processo democrático”, afirmou o presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil, Carlos Magno Teixeira.
De acordo com a presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Confecções, Margarida Brandim, a democracia se encontra seriamente ameaçada pelo atual clima político, onde os partidos de oposição que perderam as eleições, setores do Judiciário e a grande mídia, querem o impeachment da presidente da República, Dilma Rousseff, sem que haja crime de responsabilidade.
“Neste momento crucial para o país, é preciso que a classe trabalhadora se una para fortalecer e apoiar a democracia. Fora da democracia, qualquer tentativa de retirar a presidente do poder, é golpe”, afirmou o diretor do Sindicato dos Comerciários, Valdivino Nonato de Sousa.
Participam do Núcleo, os sindicatos de trabalhadores dos Comerciários, Transportes Rodoviários (SINTETRO-PI), Construção Civil, Domésticas, Confecções, Saúde e Previdência (SINTSPREV-PI), Empregados nos Escritórios e Empresas de Serviços Contábeis, Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas do Estado do Piauí (SINDECONPI), dentre outros.

Vilamar Pinheiro