#compartilhe

Jeová Alencar é reeleito presidente da Câmara com apoio de petistas

Thumb elei%c3%a7%c3%a3o c%c3%a2mara municipal Publicada em 16/11/2017, 12:34

Após requerimento, apresentado pelo vereador Edilberto Borges, o Dudu (PT), que pedia a antecipação, em 13 meses, da eleição na Câmara Municipal de Teresina, nesta quinta-feira, 16, por unanimidade, foi reeleito para o biênio 2019/2020 o vereador Jeová Alencar (PSDB).

O resultado, favorável ao requerimento apresentado pelo vereador Dudu (PT), não deve ter agradado ao prefeito da capital, Firmino Filho (PSDB). Segundo informações que circulam nos bastidores, o gestor municipal teria orientado a base aliada para não comparecer a eleição, pois sua intenção era indicar outro vereador para o cargo.

Segundo o vereador Dudu (PT), a antecipação da eleição teve a intenção de “evitar interferências externas, oriundas das eleições de 2018”, pontua. Quem também apoiou a reeleição de Jeová Alencar foi o vereador Deolindo Moura (PT), que passa a integrar a mesa diretora. 

Confira composição:

Presidente: Jeová Alencar (PSDB)

Vice: Major Paulo Roberto (SD)

2° vice Zé Nito (PMDB)

1° secretário  Fábio Dourado (PEN)

2° secretário Cida Santriago (PHS)

3° secretário Italo Barros (PTC)

4° secretário Deolindo Moura (PT)

5° secretário Dr Lázaro Carvalho (PPS)

6° secretário Venâncio (PP)

Corregedor: Enzo Samuel (PCdoB)

Ouvidor: Edilberto Borges - Dudu (PT)

Abaixo as listas dos parlamentares que compareceram a sessão e a de faltosos:

- Presentes

Caio Bucar (PSD), Deolindo Moura (PT), Dudu (PT), Enzo Samuel PCdoB), Fábio Dourado (PEN), Gustavo Gayoso (PTC), Gustavo Carvalho (PEN), Ítalo Barros (PTC), Joaquim do Arroz (PRP), Zé Nito (PMDB), Dr. Lázaro (PPS), Venâncio Cardoso (PP), Luís André (PSL), Major Paulo Roberto (SD), Cida Santiago (PHS), Teresa Britto (PV), Jeová Alencar (PSDB).

- Ausentes

Edson Melo (PSDB), Graça Amorim (PMB), Inácio Carvalho (PP), Joninha (PSDB), Luiz Lobão (PMDB), Marcos Monteiro (PRTB), Neto do Angelim (PSDC), Nilson Cavalcante (PTdoB), Pedro Fernandes (PRP), R. Silva (PP), Teresinha Medeiros (PSL), Valdemir Virgino (PRP), todos da base de Firmino Filho (PSDB).



Fonte: Geísa Chaves


Lula cresce mais e lidera em todos os cenários, aponta Datafolha

Thumb lulala Publicada em 04/12/2017, 09:51

A liderança de Lula na preferência do eleitorado continua alta, comprova a última pesquisa Datafolha divulgada neste sábado (2).

A opção pelo ex-presidente se mostra cada vez mais sólida nas pesquisas de intenção de voto para a eleição presidencial de 2018, crescendo nas simulações de segundo turno contra todos os adversários testados.

Nos cenários de primeiro turno, Lula mostra liderança de até 37% dos votos declarados, o que significa um crescimento de pelo menos 7 pontos percentuais em relação à medição realizada pelo mesmo instituto em junho, quando o ex-presidente alcançava 30% das intenções.

Ou seja, mesmo após a condenação injusta e sem provas pelo juiz Sérgio Moro, em julho, Lula continua a crescer aos olhos do eleitorado.

As informações demonstram reconhecimento popular da integridade do projeto político do PT para o país, que se sustenta a despeito dos ataques que o partido vem sofrendo e da injusta condenação proferida contra Lula.

Foram realizadas 2.765 entrevistas pelo instituto em 192 cidades do país entre os dias de 29 e 30 de novembro. Os resultados apresentam margem de erro de dois pontos para cima ou para baixo.

Crescimento em todos os cenários do segundo turno

Quando colocado em uma disputa de segundo turno contra seus adversários, Lula apresenta expressiva vantagem sobre o segundo colocado em todos os confrontos propostos pela pesquisa.

O ex-presidente se fortaleceu, mostrando crescimento em cada uma das simulações, nas quais ganhou vantagem em relação às ultimas medições, ampliando sua vantagem na corrida presidencial.

Os números apresentados nas situações sugeridas de segundo turno foram: contra Alckmin, Lula venceria por 52% a 30%. Contra Marina, 48% a 35% e contra Bolsonaro 51% a 33%.

Os números a favor do ex-presidente mostram que seu legado resiste às agressões cometidas contra ele, além de comprovarem também uma resistência da população frente ao desmonte de direitos que a população sofre sob o governo Temer, que se utiliza de medidas que trazem somente retrocesso ao país, sendo fortemente denunciadas e renegadas por Lula.

 

Fonte: pt.org.br


CUT/Vox Populi: Lula, o melhor e mais admirado presidente do Brasil

Thumb lula 2018 Publicada em 22/12/2016, 13:23

Para 43% dos brasileiros, Luiz Inácio Lula da Silva foi o melhor presidente do Brasil. O dado foi revelado em pesquisa  CUT/Vox Populi divulgada nesta quinta-feira (22). Além disso, 33% dos entrevistados afirmaram admirar/gostar muito do petista.

Ainda de acordo com os dados, apenas 13% dos entrevistados escolheram Fernando Henrique Cardoso (PSDB) como melhor presidente.

O levantamento aponta que 96% dos brasileiros responderam que ficaram sabendo que Lula foi indiciado pelos procuradores da Operação Lava Jato.

Para o presidente da CUT, Vagner Freitas, os resultados da pesquisa CUT/Vox Populi mostram que “os brasileiros, mesmo os mais pobres e simples, têm discernimento, refletem e julgam racionalmente, não se deixam influenciar pela avalanche de denúncias sem provas e sensacionalismo da mídia conservadora”.

Para a CUT/Vox Populi, 56% dos brasileiros disseram que Lula fez mais coisas certas do que erradas (35%). E 58% dos entrevistados disseram que suas vidas melhoraram nos governos do PT.

 

Eleições 2018
Na mesma pesquisa divulgada nesta quinta, Lula está à frente de todos os concorrentes em todas as simulações feitas no primeiro e no segundo turnos das eleições presidenciais de 2018. Lula tem 31% das intenções de voto espontâneas.

Bem atrás do ex-presidente, vem Aécio Neves (PSDB), com 5%; Marina Silva (Rede-AC), 4%; o ex-presidente FHC, 3%; e Alckmin, com 2%.

Na estimulada, Lula também ganha de todos. Tem 37% contra Aécio, que atinge 13%; tem 38% contra Alckmin, que atinge 12%; Marina atinge somente 10%.

Nas simulações de segundo turno, Lula também está à frente de todos. Tem 43% contra Aécio (20%); 45% contra Alckmin (20%) e 42% contra a Marina, que tem 21% das intenções de votos para 2018.

A Pesquisa CUT/Vox Populi ouviu 2.500 pessoas com mais de 16 anos, em 168 munícipios brasileiros. A margem de erro é de 2%, estimada em um intervalo de confiança de 95%.

*Da CUT